Projeto Jovem Aprendiz 2020

Um dos desafios do Jovem no mercado de trabalho é encontrar uma primeira oportunidade de emprego que respeite o fato dele ser uma pessoa em desenvolvimento e que o estimule a continuar os estudos e o desenvolvimento profissional, além de garantir direitos trabalhistas e previdenciários.  

NÚMEROS 

  • 110 jovens passaram pelo programa EDUCAR, através da AESB
  • 45 entraram no SENAI, sendo 43 no Ary Torres e 02 no Suiço 
  • 15 completaram o curso, sendo 08 da primeira turma (2019), 05 da segunda turma(2020) e 02 perdidos(Junho/2020)  
  • 27 estudam atualmente 
  • 03 desistiram

Os cursos oferecidos aos Jovens são de Mecânico de Manutenção, Eletricista de Manutenção e Mecânico de Usinagem, na Escola SENAI “Ary Torres”, e Técnico em Mecânica de Precisão na Escola SENAI Suíço-Brasileira “Paulo Ernesto Tolle”.  

Importante registrar que a AESB, com o apoio do SENAI, identifica empresas interessadas na contratação destes Jovens como Menores Aprendizes, intermediando e apoiando a negociação. 

Outro aspecto fundamental para o sucesso deste Projeto é o acompanhamento individual de cada aluno com um mentor tanto na Escola como na Empresa.  

A AESB proporciona aos alunos um Programa de Mentoria que é um processo no qual o aluno é orientado quanto ao desenvolvimento de carreira por um profissional mais experiente que compartilha seus conhecimentos acerca do mercado de trabalho. A prática é realizada com o intuito de assessorar e de alavancar o crescimento de carreira do orientando. 

Formados

A AESB propõe atividades em comunicação desenvolvendo noções gramaticais e elementos da linguagem oral e escrita, para o aprimoramento nas aulas da Língua Portuguesa, propõe também atividades de Matemática com dinâmicas de exercícios. 

Conquistamos uma bolsa de estudos para o curso de Tecnólogo em Mecânica de Precisão, gentilmente patrocinada por empresas parceiras, para o aluno com melhor desempenho nas atividades propostas pela Mentoria. 

Este ano nossa querida Jessica foi a parabenizada. 

“Com o retorno das atividades, eu acho que foi um momento difícil pra todo mundo porque todos nós precisamos nos adaptar com aula em EAD e coisas que não estamos acostumados. Não foi fácil aprender metrologia on-line, não foi fácil aprender programação de máquina, mas sempre dá certo no final. Eu não escolhi mecânica de usinagem, foi ela quem me escolheu porque eu não sabia o que era mecânica de usinagem. Eu em si, acreditava que a mecânica de usinagem nada mais era do que a mecânica geral que todos nós conhecemos. Eu não imaginei que um dia iria operar máquina, que faria parte do ramo industrial. Hoje eu não consigo me imaginar fazendo outra coisa!” 

Jéssica Santos Silva 

“Gente, tudo na vida é questão de oportunidade”. (Jéssica S. Silva)